August 15th, 2002 | | No Comments »

Falando em reclamações sobre blogs, Gastón diz que odeia ler a Maffalda porque metade dos posts são absolutamente herméticos. Vamos ver se explicando eu consigo apaziguar o moço e aumentar a audiência.

Gastón, que espanhol deve querer dizer aquele que reclama, é meu marido. Ele é leitor deste blog e de vez em quando até contribui.

Nei é um amigo muito querido de Campinas que sempre ia tomar café comigo (ah, isso eu já expliquei), com quem eu tinha altos papos, e com quem eu até sonhei esta noite, mas não era o que estava em pé no chafariz. Meus sonhos vêm em clusters. Apesar de eu ter lembrado o aniversário dele, não escrevi até hoje. É uma vergonha.

O filme Malena é triste porque é um filme italiano de época de guerra, começa engraçado, mas mostra muito a opressão da sociedade contra uma mulher sozinha e ainda por cima, para colmo de males, bonita. Os cabelos negros dela às vezes me lembram os da mãezinha da Fraia. Para colmo de males é espanhol e quer dizer mais ou menos “para piorar”, e essa da mãe da Fraia eu não vou explicar porque quem tinha que entender já entendeu.

Lav é minha irmã, eu preciso dela mas ela não me vê como eu sou. Um dia eu vou, vou mesmo, visitá-la.

E sobre computadores velhos: se você tem um, ou um monitor, ou uma tv, e está pensando em trocá-los ou jogá-los fora, siga aquele link lá. E pense bem. O “preço” para o meio-ambiente é enorme, porque os tubos de tv e monitores têm uma quantidade enorme de chumbo (para blindar a radiação nociva). Talvez aqui seja um problema maior, já que os americanos são tão consumistas, mas nem tudo está perdido… Pelo menos uma parte da solução é o site da National Cristina Foundation, que põe em contato doadores de computadores (ou partes de) e instituições que podem usá-los. Aí no Brasil, faça um favor: vá ao site Mega Ajuda, ou ao Voluntários, ou procure um outro fim digno pro seu equipamento.



Leave a Reply