November 11th, 2002 | | No Comments »

Estava aqui tentando escrever um email importante pra um aluno de mestrado lá em Campinas que está fazendo um trabalho parecido com o que eu fazia, e o chinês pentelho aqui na sala de computadores não parava de fazer perguntas. Eu respondia sim ou não e continuava olhando pra tela do computador e ele nem tchum.

“Qual o seu nome?”

“E-lo-i-za.” (estou tentando não pronunciar o H como eles fariam aqui).

“Hein???”

“E-lo-i-za.”

“Não tem um mais curto?”

“Êlo.” (é como dizem meu nome na Argentina, eu acho que é mais fácil pra eles aqui do que Helô)

“Ero?”

“Não, Êlo”.

Dois minutos depois:

“Ôle!!!”

Um olhar estranho da minha parte.

“Ôla!!!”

Me segurem que hoje eu não tô boa!



Leave a Reply