May 19th, 2003 | | No Comments »

Como convenço a minha irmã mais velha de que eu não sou uma pulga amestrada???


May 18th, 2003 | | No Comments »

I’m So Tired

I’m so tired, I haven’t slept a wink

I’m so tired, my mind is on the blink

I wonder should I get up and fix myself a drink

No,no,no.

I’m so tired I don’t know what to do

I’m so tired my mind is set on you

I wonder should I call you but I know what you’d do

You’d say I’m putting you on

But it’s no joke, it’s doing me harm

You know I can’t sleep, I can’t stop my brain

You know it’s three weeks, I’m going insane

You know I’d give you everything I’ve got

for a little peace of mind

I’m so tired, I’m feeling so upset

Although I’m so tired I’ll have another cigarette

And curse Sir Walter Raleigh

He was such a stupid get.

Em homenagem aos relatórios. Não, eu ainda não terminei!!!


May 18th, 2003 | | No Comments »

Tô falando? Pelo menos esse aí tem mais a ver com os meus objetivos profissionais.

Não custou o que custa aí na Amazon, comprei na Vertigo aqui pertinho.


May 17th, 2003 | | No Comments »

Olha só, fui linkada no Dizem!!

O último livro que comprei (por 99 cents, na Amazon custa 18 dólares) é sobre o ensino de educação social (sincera e verdadeira) nas escolas primárias. Tem a ver com algumas coisas que nós, como estrangeiros, percebemos aqui nos States. Em um dos casos relatados no livro, a professora tenta guiar os alunos (de mais ou menos 5 ou 6 anos) ao hábito de realmente se importar com os outros. A turma era de crianças muitíssimo educadas, que diziam sempre por favor e obrigado e com licença e tudo o mais, mas elas não diziam nada além disso, as palavras eram vazias, e no final das contas elas estavam usando os rituais de boa educação como uma “arma” nos jogos infantis: “eu não vou emprestar os lápis de cor porque você não disse por favor!”.

Minha primeira surpresa quando vim para cá foi ver a má vontade do povo quando diz “EXCUSE ME!”. As palavras são educadas, mas o tom é de “SAI DA FRENTE!”. Até aí tudo bem. O pior é quando você diz thank you e te respondem humrrum com a boca fechada…


May 17th, 2003 | | No Comments »

Bend it like Beckham: adorei!

Uma graça de filme, com futebol, família de imigrantes, casamento, triângulo amoroso, conflito de gerações e bastante humor. Muito simpático e leve, embora dure um pouco mais do que devia.

Agora eu quero um vestido indiano!!!


May 15th, 2003 | | No Comments »



Contando ninguém acredita: todos os oito estavam sóbrios.


May 15th, 2003 | | No Comments »

Sobre o post do Matheus:

…há um estudo sério sendo desenvolvido há anos pela UNICAMP que se baseia na dúvida milenar: “pra onde vão os guarda-chuvas?”.

Na verdade esse estudo já foi completado e deu origem à Teoria dos Gnomos Quânticos*. Toda a energia existente está disponível na forma de quanta (plural de quantum), que são as “unidades”, ou seja, a menor quantidade de energia que um certo sistema pode ter. E isso tem que se conservar, ou seja, a energia não é criada nem destruída assim sem mais nem menos. No caso dos guarda-chuvas, eles são transportados para dimensões paralelas pelos gnomos quânticos. Para manter o equilíbrio de energia e matéria entre essa dimensão para onde eles vão e esta onde estamos, alguma matéria tem que ser gerada do lado de cá. É por isso que a gente sempre encontra clipes de papel no chão: eles são a unidade fundamental, e cada vez que um guarda-chuva some vários clipes são gerados. Atualmente, os pesquisadores estão tentando enviar quantidades massivas de clipes para a outra dimensão para ver se guarda-chuvas aparecem deste lado, mas aparentemente o processo não é reversível.

O Carlos Drummond de Andrade disse que os guarda-chuvas vão para os anéis de Saturno, mas como se sabe os poetas costumam ser fantasiosos e pouco científicos.

* Quem me explicou isso foi o Gustavo Nunes, Física (Cursão) – Unicamp 94.


May 15th, 2003 | | No Comments »

Ouvindo música síria. O título quer dizer algo como “te perdoei tantas vezes” ou algo assim.


May 15th, 2003 | | No Comments »

Tenho visto tanto link legal e não estou postando nada aqui. Depois me embanano toda e acabo esquecendo. Peraí, vou amarrar barbante no dedo. Escrever no teto: vou sobreviver porque sou ninja!!

Das pronúncias estranhas do meu nome, a mais legal é a do Roman, que é de Taiwan: Eloitzá!


May 14th, 2003 | | No Comments »

Lembrete pra mim mesma:

– parar de procurar páginas dos amigos na internet,

– se procurar, parar de dizer sem querer que achei,

– parar de tentar dar uma de cupido,

– se tentar, avisar pra bocuda que não é pra dizer pro rapaz “minha amiga Heloisa me contou tuuuuudo sobre você!”