May 15th, 2003 | | No Comments »

Sobre o post do Matheus:

…há um estudo sério sendo desenvolvido há anos pela UNICAMP que se baseia na dúvida milenar: “pra onde vão os guarda-chuvas?”.

Na verdade esse estudo já foi completado e deu origem à Teoria dos Gnomos Quânticos*. Toda a energia existente está disponível na forma de quanta (plural de quantum), que são as “unidades”, ou seja, a menor quantidade de energia que um certo sistema pode ter. E isso tem que se conservar, ou seja, a energia não é criada nem destruída assim sem mais nem menos. No caso dos guarda-chuvas, eles são transportados para dimensões paralelas pelos gnomos quânticos. Para manter o equilíbrio de energia e matéria entre essa dimensão para onde eles vão e esta onde estamos, alguma matéria tem que ser gerada do lado de cá. É por isso que a gente sempre encontra clipes de papel no chão: eles são a unidade fundamental, e cada vez que um guarda-chuva some vários clipes são gerados. Atualmente, os pesquisadores estão tentando enviar quantidades massivas de clipes para a outra dimensão para ver se guarda-chuvas aparecem deste lado, mas aparentemente o processo não é reversível.

O Carlos Drummond de Andrade disse que os guarda-chuvas vão para os anéis de Saturno, mas como se sabe os poetas costumam ser fantasiosos e pouco científicos.

* Quem me explicou isso foi o Gustavo Nunes, Física (Cursão) – Unicamp 94.



Leave a Reply