Poema em cinco tempos

August 28th, 2004 | | No Comments »

Naquele tempo
não se dizia isso,
não se pensava assim,
não se fazia assado.
Eu,
que já não dou a mínima
pra certas máximas,
asseguro que meu tempo
é esse,
que chega junto comigo.
O tempo que agora tenho
é simplesmente melhor
que todos os tempos bons,
desses bons tempos que tive.

Maria Augusta de Medeiros

Related Posts



Leave a Reply