Change the Web = Mude a Rede!

February 9th, 2009 | | No Comments »
Estou divulgando o desafio Change the Web voluntariamente, depois de ter participado de uma teleconferência com a Romina Oliverio (@_romi). (Ultimamente todos os meus posts começam com “eu estava no twitter e…”.) Já comecei a tarefa com os dois posts aí abaixo, traduzidos do material de imprensa e discussões deles. Agora explico sobre as regras (que ainda não saíram oficialmente) e por que os desenvolvedores brasileiros têm que participar do desafio.
Funcionando nos EUA e Canadá, a Social Actions é uma organização sem fins lucrativos cujo objetivo é facilitar a ação cidadã na rede. Eles fazem isso agregando as informações de mais de 40 outros sites que contêm oportunidades de voluntariado, doações, petições, etc. São mais de 60 mil maneiras de fazer a diferença. Agora, com o concurso Change the Web, eles querem incentivar a criação de web-apps baseadas na API deles.

Provavelmente os usuários finais das web-apps criadas serão dos EUA e Canadá, pois essas 60 mil oportunidades cadastradas são voltadas para o público de lá. Aqui no Brasil, quem está interessado em fazer trabalho voluntário ou fazer doações deve consultar os sites Voluntários, o Portal do Voluntário, Filantropia e Rio Voluntário, entre outros. Que eu saiba, não há uma busca unificada, nem é tão fácil doar online via paypal ou cartão de crédito, e é trabalhoso checar a idoneidade de organizações. Quem sabe no futuro teremos um site único para oportunidades desse tipo.

Mesmo que o Change the Web não seja voltado para usuários brasileiros, os desenvolvedores brasileiros podem e devem participar do concurso de aplicações web. Existe uma chance real de ter um ganhador brasileiro, na minha opinião. E mesmo que você não ganhe o concurso, ganhará experiência (“programar é grátis”, já disse o sábio Marco Gomes) e terá oportunidade de trocar idéias com outros desenvolvedores. Além, é claro, de deixarem a tia Maffalda super orgulhosa. Fiz tanta propaganda para eles sobre vocês que se ninguém se inscrever vai ser um vexame.

O regulamento sai dia 16 de fevereiro, segunda-feira, mas o Joe Solomon (@engagejoe), diretor do desafio, já me adiantou algumas informações por alto:

Três vencedores serão escolhidos, e o anúncio será dia 28 de abril na NTC Conference.

As apps serão julgadas nos quesitos Inovação, Usabilidade e Potencial.

Inovação:
– A aplicação é uma nova solução para ajudar as pessoas a encontrar, compartilhar e/ou agir?
– O uso da Social Actions API é inovador?

Usabilidade e Experiência do Usuário:
– A aplicação é fácil de usar?
– O usuário é encorajado a usá-la muitas vezes (é “sticky”)?
– Qual a relevância da aplicação? Ela apresenta ações de alto valor para o usuário?

Potencial de mudança:
– Quantos usuários ela alcança? Se é feita para uma plataforma específica (Facebook, Twitter, Drupal) ou site (NYtimes.com, etc), quão popular é a plataforma ou site?
– A aplicação tem uma estratégia de marketing viral ou viável?
– A aplicação permite crescimento, é “escalável”? Pode ser adaptada a outras plataformas?

O desafio está aberto a indivíduos, grupos, organizações comerciais ou não, organizações governamentais ou não, dentro ou fora dos EUA. Os indivíduos participantes devem ter mais de 18 anos e os grupos devem ter um representante também acima de 18 anos de idade para ser contactado pela organização. Essa pessoa deve aparecer primeiro no formulário de inscrição.

Vinte projetos serão pré-selecionados.

Todas as submissões devem ser aplicações web completamente funcionais para concorrerem. Apps que estejam embedded ou linkadas devem ter funcionalidade antes da votação pública em abril de 2009.

Todas as aplicações submetidas ao Desafio Change the Web têm que se utilizar, total ou parcialmente, da Social Actions API, uma base de dados de mais de 60 mil ações de mais de 40 fontes diferentes.

Todas as submissões devem usar uma licença open source para serem consideradas para o prêmio. Toda a propriedade, inclusive intelectual, permanecerá sob domínio do ganhador.

Quem quiser ir se preparando para o desafio pode entrar na comunidade http://groups.google.com/group/social-actions-dev/. Lá você encontra outros desenvolvedores e informações sobre a API.

Daqui em diante, estarei empenhada em encher a paciência da galera brasileira para participar e fazer a ponte entre os desenvolvedores interessados e os coordenadores do desafio, se precisar, além de ajudar a navegar as informações um pouco dispersas sobre o concurso. Publicarei o link para o regulamento mas não o traduzirei na íntegra. Boa sorte a todos!



Leave a Reply