Vou pedir um Café pra nós dois.

June 3rd, 2011 | | 3 Comments »

Por que eu apoio e participo do Café 22.

Todas as vezes que eu tento explicar o que é o Café 22 para alguém, saio da conversa achando que não me expressei direito. E olha que eu já tentei de tudo. “TED de quintal”, “um evento de palestras”, “amigos trocando conhecimento”, “palestras de 15 minutos sobre qualquer coisa”, “compartilhamento de paixões”. Fica sempre uma distância entre o real e a descrição. Pelo visto, não sou só eu que penso assim. Já vi várias pessoas comentando sobre o espírito, o clima, a energia do Café 22, que são todas características intangíveis do evento.

Depois da última edição do Café 22, sábado passado, cheguei à conclusão de que o meu café vem em três xícaras, três ângulos, três facetas.

A dimensão utópica é a descrição do Café 22 que aparece no site e a maneira como em geral tento descrevê-lo: um evento de compartilhamento de idéias, conhecimentos e paixões. É um movimento que segue as tendências atuais de formação de comunidades por interesse, on e offline. “Idéias novas e assuntos pelos quais nossos amigos são intensamente apaixonados.”

O lado prático do café se revela ao constatar que somos um conjunto de pessoas que de alguma forma faz esse evento acontecer. A mecânica das inscrições, a divulgação, a produção do evento, o coffee break, os detalhes técnicos, os contatos com patrocinadores que gentilmente cedem espaço ou equipamentos, a produção de conteúdo e de um blog. Tudo isso pode ser colocado no currículo de qualquer um de nós e nos evidencia como uma equipe, um coletivo, uma referência.

A terceira faceta é a afetiva. Nada substitui o prazer de se verem tantas amizades e tanta intimidade surgindo que talvez não fossem acontecer em outro lugar. Surgem piadas internas, contatos profissionais, dicas imperdíveis – um curso bacana, um tênis diferente, um livro pertinente – e o senso de uma verdadeira comunidade.

Eu tenho um orgulho danado de fazer parte desse tal de Café 22.

Leia mais, veja os vídeos, venha para o nosso ou faça o seu. Garanto que você vai gostar.


3 Comments on “Vou pedir um Café pra nós dois.”

  1. 1 Biattrix said at 00:33 on June 3rd, 2011:

    Eu também tenho um orgulho danado de fazer parte desse tal de Café 22. \o/

  2. 2 Leo Bragança said at 01:38 on June 3rd, 2011:

    Mamãe ensinou a não falar palavrão na casa dos outros, mas é preciso dizer: post FODA! Você sabe que estou correndo atrás de um evento sobre o problema na Serra pra 2012, e o Café me inspira a me desgarrar do próprio TEDx. Podemos ser maior que isso, não em relevância, mas em promover algo que traga efetivos resultados aos ouvintes. E é isso que o Café faz. Sou mais o Café do que os TEDx da vida. Beijo grande, queridaça.

  3. 3 The Best said at 14:53 on June 3rd, 2011:

    Concordo em número, genero e grau com o Léo. O Café 22 inspira muito mais que os TEDx da vida, pois ali pessoas comuns com assuntos comuns inspiram e expiram o que vários outros nunca viram ou deixaram passar o ângulo perfeito.

    Além disso, o ambiente de amizade ultrapassa o que muito chamam de networking. Amigos trocam e não dividem experiências.


Leave a Reply