December 27th, 2001 | | No Comments »

Adivinhem onde eu estou??? Aqui vai uma dica

Já cheguei há uma semana. A viagem foi boa, mas eu não consegui dormir muito na lata de sardinha com asas, e se alguém leu a mensagem anterior pode ter uma idéia de quão cansada eu cheguei. Pra completar, aqui tá um frio de lascar, e dentro de casa tem aquecimento – graças a Deus – o que torna o ar muito seco. Temos que comprar um aparelho pra umidificar o ar. Falando em compras… Estou podendo dar força aos meus ímpetos consumistas, porque tivemos que comprar um monte de coisas: secador de cabelos (pra não congelar o cérebro depois de lavar a cabeça, mas eu odeio e não tenho nem idéia de como usar), ferro de passar roupas (que só Deus sabe quando vamos precisar, né, mãe?), uma cafeteira expresso (foi tão barata que depois achei um roubo o preço do pó de café!), um suporte pra pôr os sapatos (porque o guarda-roupas é desses que têm só a haste pros cabides), cabides, uma caixa de pôr coisas embaixo da cama (porque tem coisa chegando do Brasil, e muita!), umas xicrinhas de café que estavam em promoção, um monte de hidratante, um saco de poliéster pra lavar roupa delicada (as máquinas de lavar são as do prédio, e olhe lá, tem que lavar tudo mais ou menos junto…) e um varalzinho (pras roupas que não podem nem ver a máquina de lavar e que eu vou ter que lavar na pia do banheiro ou da cozinha). Acharam muito? Ainda tem mais na lista, me aguardem. E eu tô anotando tudo pra Carol, pra quando ela chegar nesta terra. Ah, quase ia me esquecendo, compramos também um termômetro pra ver a temperatura dentro e fora de casa, agora todo dia de manhã checamos pra ver a máxima e a mínima. A máxima em geral é 11 graus, e deve acontecer lá pro meio-dia. Esta noite a mínima chegou a -5 (ugh!) e a previsão é que esfrie nos próximos dias, pode até cair uma nevinha no ano novo. De casa dá pra ver as piscinas do conjunto de prédios, e eu perguntei pro Gastón se a grande congelava. Ele disse nããão, é muita água! Pois é. Hoje de manhã ela ‘tava lá, durinha durinha!

Hoje fui me inscrever pra ter um Social Security Number, e descobri sabe o quê? Eu não tenho direito se eu não vou trabalhar! Isso depois de ficar na fila uma hora e meia!!! Tudo bem, eu sobrevivo! Agora quero tratar de aprender a dirigir pra poder carregar a driver’s license como minha identificação, não quero dar sopa com o passaporte por aí.

Vou trabalhar na tese só ano que vem, porque eu dependo aqui do computador do laboratório do Gastón. Mas vou fazer isso rápido!

Beijinhos pro pessoal que ficou em Campinas, meu e-mail novo está aí na página, ok? Depois mando o endereço físico pra quem pedir.

Até mais!



Leave a Reply