July 30th, 2002 | | No Comments »

Pra Lav:

SEM SABER

Djavan

A vida já é um absurdo,

com você longe, muito mais

a estrada é ruim

oh! Trânsito que não vai

mas com a gente tudo ia em paz

é você que esquenta sem saber

você não me vê como eu sou

quando vou te ver

dias sem calor

que fará o que me dirá?

Fui prá cama cedo

temendo o mistério

que desassossego

me diz o que quer

e eu dou

e não dou

esperando nada

dou…

Silêncio da noite , a noite brilhando

meu bem eu te adoro

eu sigo pensando:

vou!

Ou não vou?

Eu preciso dela,

vou.

Enfrentar o caos

conceder, reconstruir

retirar o sal

vamos ver, se ela sorrir

sorrirei também

e farei, seja o que for

prá voltar atrás

e o que mais, mais vale o amor.



Leave a Reply