September 20th, 2003 | | No Comments »

Mais Janaína Figueiredo:

HOSPEDAGEM

Um hotel pop

Em Buenos Aires, existem dezenas de hotéis, mas nem todos são iguais. Fora do circuito de hotéis do centro da cidade, e da refinada Recoleta, existem algumas alternativas mais modernas, destinadas a turistas que preferem um estilo mais informal. O hotel Boquitas Pintadas, localizado no charmoso bairro de San Telmo, é um claro exemplo desta nova tendência. Foi inaugurado em fevereiro de 2000 por dois alemães, Heike Thelen e Gerd Tepass, que se apaixonaram pela capital argentina. O lugar é definido por seus donos como um hotel pop. “Buscamos misturar princípios estilísticos e estéticos muito definidos. A arte do conforto com a dinâmica dos excessos”, contaram Heike e Gerd. O Boquitas Pintadas é muito mais do que um simples hotel fashion. Na mesma casa (uma espécie de casarão, similar aos que podem ser vistos em Santa Teresa) funciona uma galeria de arte, um bar e um restaurante. Nos fundos do hotel, um jardim com piscina, inspirado nas belas praias do Havaí. O nome do hotel é uma homenagem à principal obra do escritor argentino Manuel Puig, primeira novela latino-americana que Heike e Gerd leram. O preço da diária varia entre 135 pesos (quarto de casal) e 280 pesos (suíte de luxo). Detalhe: nada de acordar cedo para tomar café da manhã. No Boquitas Pintadas, o café pode ser servido a qualquer hora, já que os hóspedes, dizem os donos, devem ter a liberdade de dormir até a hora que consideram necessária. Endereço: Estados Unidos 1.393. Reservas: 4381-6064. <www.boquitas-pintadas.com.ar>.

TEATRO

Festival reúne grandes companhias

Esta semana começou o Festival Internacional de Buenos Aires, um mega evento que contará com a participação de companhias teatrais de vários países, inclusive do Brasil. Serão apresentados 15 espetáculos internacionais, com destaque para “Oh, les beaux jours” (Os dias felizes), de Samuel Beckett, “Ni sombra de lo que fuimos”, do grupo espanhol La Zaranda, e obras da prestigiada Berliner Ensemble, companhia alemã fundada por Bertolt Brecht e Helene Weigel, que apresentará “Artaud erinnert sich an Hitler und das Romanische Café” (Artaud lembra Hitler e o Romanische Café). O Brasil será representado, entre outros, pelo espetáculo “O homem dos crocodilos”, ópera de Arrigo Barnabé. Os ingressos, que custam entre 8 e 18 pesos, serão vendidos em diferentes sedes do Complexo Teatral de Buenos Aires: Corriendes 1.530, Córdoba 6.056, Pedro de Mendoza 1.821 e Avenida. Sarmiento 2.715.

CONFEITARIA

Um lugar com muita história

Na esquina das ruas Rivadavia e Medrano, no bairro de Almagro, está localizada a confeitaria Las Violetas, uma das mais antigas e tradicionais de Buenos Aires. Fundada na primavera de 1884, a confeitaria sempre foi um ponto de encontro escolhido por artistas, políticos e intelectuais. Por lá passaram figuras como Carlos Gardel, a poetisa Alfonsina Storni e o escritor e jornalista Roberto Arlt. Um pedaço de História argentina.

RESTAURANTE

Esta é a casa da moda

Todos os anos surge algum restaurante novo em Buenos Aires, que passa a ser o favorito de portenhos e turistas, durante algum tempo. Nos últimos meses, o mais freqüentado foi o restaurante Sucre, localizado no bairro de Belgrano. O lugar é muito agradável. Decoração de extremo bom gosto e excelente atendimento. Um jantar custa, em média, 30 pesos por pessoa. Endereço: Sucre 676. Telefone para reservas (fundamental): 4782-9082.

COMPRAS: A marca de sapatos Ricky Sarkany é o mais novo xodó das argentinas. Modelos únicos, exclusivos e, principalmente, muito fashions. Além das celebridades locais, figuras como Naomi Campbell, Claudia Schiffer, Salma Hayek e a brasileira Sônia Braga já adotaram a grife argentina. A Ricky Sarkany está nos principais shoppings de Buenos Aires (Patio Bullrich e Paseo Alcorta), mas o ideal é dar um pulo no outlet (calle Cramer 3.664, bairro de Saavedra).



Leave a Reply