January 22nd, 2004 | | No Comments »

Os dias de férias foram tão desblogados que fico até com vergonha. Péssimo pra mim: depois, quando e se eu resover reler este blog, terminarei com lembranças vívidas da minha vidinha de cão e uma pálida memória das minhas maravilhosas férias.

Maravilhosas mesmo. Fiquei no Rio do dia 2 até o dia 8, quando fui pra Argentina. No Rio vi meus primos no almoço de formatura da Dilma, mas perdi a formatura pra arrancar dente. Na noite em que fizemos a extração (em 5 minutos, diga-se de passagem) a Tia Rosa veio visitar e eu falei até dizer chega, com a tromba anestesiada. Quando a anestesia passou quase morri de dor. Mas claro, minha dentista se exime da culpa. E a minha fada dos dentes trouxe o presente habitual pelo siso, oba!

Na Argentina, vôo atrasado para chegar, carona do Diego, Nacho chorando de surpresa ao ver o tio Tato, muita comida boa da sogra, muito doce de leite, muito cafezinho… Fomos a Pilar, vimos a Evan grávida de 5 meses comendo torradas com doce de leite pra o neném pular. Tio Eduardo e Erme, tia Alicia também foram. Florencia onda hare krishna fazendo ioga na beira da piscina. Fotos, fotos, fotos. Consulado italiano. Ganhar presentes – dois mates lindos, um de cuia mesmo, com um sol esculpido, outro de metal com a águia da tatuagem da Flo martelada no fundo.

De volta ao Rio – tempo acabando, tristeza – churrasco com a família do meu pai, muita muita gente, quase morrer de susto ao ver os primos e primas tão grandes, queimar o nariz todo de caipira que eu sou. Esqueci de comprar um monte de coisas que queria, não deu pra ver todo mundo que eu queria (shuif!), ela não pôde ir ao churrasco. O tempo todo da viagem e antes fiquei monitorando as notícias dos passeios de meus amigos em Paris, agradecendo ao cosmo por ter deixado eles se encontrarem e levarem um pedacinho de mim pra lá.

A conversa típica do domingo à noite foi na segunda, terça me despedi de todo mundo e da Bel. Subi no avião, desci aqui. O que eu faço agora?



Leave a Reply