Onde não diremos nada, nada aconteceu

June 19th, 2008 | | 1 Comment »

Disse e vou dizer de novo: eu te amo. Essa frase repetida tantas
vezes em momentos enrolados, safados ou ternos, ainda sai da minha
boca em só pensar no seu gesto e cheiro. Já não me lembro como era o
passado em que não te amava, em que não tinha a sua compreensão e
atenção completas. Tampouco posso imaginar o futuro distante – mas
inevitável – em que não direi mais eu te amo, porque o resquício de
amor não será o suficiente para encorajar as palavras. Por isso me
incorporo no escuro, para dizer a você que te quero, te entendo, te
sou, te tenho completamente no presente. E amo.


One Comment on “Onde não diremos nada, nada aconteceu”

  1. 1 Bibi said at 17:41 on June 22nd, 2008:

    Ai, amiga. Fiquei arrepiada.


Leave a Reply