Ex and the city

Viciamos em Sex and the City. Já assistimos a primeira e a segunda temporada inteirinhas, cada uma em 3 dias (12 episódios a primeira, 18 a segunda). Não que eu concorde com tudo, claro. À parte de ser moça de colégio de freiras (isso não quer dizer nada, ‘cês sabem, né?), acho que tem umas coisas estranhas, mas sem as quais, convenhamos, não haveria seriado. Como que uma mulher de 30 e tantos anos faz coisas tão infantis? Será que a insegurança feminina é tão absurda assim? E como mulheres supostamente com carreiras de sucesso e que compram sapatos de 400 dólares têm tanto tempo pra fofocar? Mistéééério…

Tudo isso é pra postar aqui uma frase que achei perfeita, saída da boca da personagem Miranda, a cínica do grupo: