Desentupir o karma

Sei que a idéia hoje era postar sobre o barcamp, e depois eu posto, estou até usando a camiseta, mas agora mesmo a urgência é escrever para desentupir o karma como naquele filme Uncorked em que o cara é empurrado do trampolim. É isso, eu preciso ser empurrada do trampolim, pois depressão é constrangedoramente símile a falta de vergonha na cara. Não consigo fazer o que tem que ser feito. Está tudo tão ruim que meu pai acha que eu saio pouco e minha mãe pergunta sobre mocinhos só para ouvir que nem sei o nome do garoto lindo de morrer que se materializou ali e com quem nem falei. Será que agora consigo seguir em frente nesta tarde de segunda-feira, ou não?
Arre.

PS: Por quanto tempo o blog dá conta de ser meu querido diário? Pelo que eu vi no blogcamp blog tem que ter tema. E fazer dinheiro.