5

August 25th, 2004 | | No Comments »

alegrias faces amigos

pés terrores destino

mãos siléncio olhos

amor riso morte

(sonhos esperanças desesperos)

Uma vez

aconteceu

em nenhum outro lugar

imagine

Agora

rapidamente esta

(uma

floresta lentamente

Assassinou a Casa)

cova se engole a si

mesma

enquanto ninguém

(e estrelas lua

sol se põem erguem vêm

vão chuva neve)

se lembra

De 95 Poems (1958)

(ee cummings traduzido por Haroldo de Campos)



Leave a Reply