Do Leme ao Pontal

February 22nd, 2018 | | No Comments »

Pra não dizer que não há mérito na figura do amigo gringo, foram precisos (com duplo sentido por favor) dois amigos gringos para eu me dar conta de que:
– O carioca tem uma preocupação imensurável com bairros. Basta um minuto de conversa para a pergunta vir aguda e sem pudor: em que bairro você mora? Assim avaliam-se relacionamentos, possibilidades, afinidades, diferenças. Às vezes mente-se.
– Talvez um desdobramento da anterior: o carioca quase não muda de bairro. Adota-se a freguesia favorita, muitas vezes a de origem, por anos a fio, e é dela que se emitem todas as opiniões sem um grão de sal sequer de outras experiências, outros pininhos no mapa. Para o bem ou para o mal, elitismo e vira-latismo se misturando à vera.

7824109400_d2dbbfcf1e_z



Leave a Reply